Comunicação tática no Airsoft: rádio e comandos verbais

Como já vimos em outros posts, comunicação é vital para o sucesso de uma equipe de Airsoft. Já conferimos os Sinais de Mão e agora falaremos sobre os comandos verbais e rádios da equipe. Nesse post veremos como utilizar a comunicação via rádio da melhor forma possível.

Se você usar rádios, sempre tenha um plano de backup. Rádios tendem a falhar, quando você mais precisa deles. Use um fone de ouvido que lhe permita olhar rente ao cano de seu marcador de Airsoft e não para baixo quando precisar utilizar o microfone para dar informações pelo o rádio. Segurar a arma e se concentrar na tarefa enquanto utiliza o microfone pode ser bastante complicado. Utilize o rádio com sabedoria, o importante é restringir a comunicação apenas a comentários necessários que afetem diretamente a missão.

Algumas terminologias comuns:

– Positivo, Afirmativo: Sim, Entendi, Copiei

– Negativo: Não, Não Entendi, Não Copiei

– Na Escuta, Prossiga: Eu estou aqui, Eu estou a disposição, Pode Falar

– Entrecorte: A mensagem não chegou perfeitamente, Repita a mensagem

– Repita: Não escutei, Repita a mensagem

– Última-Forma: Desconsidere minha última mensagem

– Emergência: Quando repetido 3 vezes, indica alerta imediato e emergência real em andamento. Nesse caso encerre todas as comunicações e monitore o alerta.

– Câmbio-Final: Conversação terminada, Nada mais à declarar

Airsoft: Comunicação é fundamental durante a evolução do jogo
Airsoft: Comunicação é fundamental durante a evolução do jogo

Outra forma bem reduzida de passar um mensagem via rádio é a utilização do CÓDIGO Q, que foi idealizado para resumir em poucos conjuntos de letras as perguntas e respostas mais comuns.

Código Q

– Q.A.P: Na escuta (também pode ser usado como pergunta: QAP Unidade 1?)

– Q.A.R: Desligar

– Q.R.N: Interferência

– Q.R.A: Nome do Operador (também pode ser usado como pergunta)

– Q.R.L: Estou Ocupado

– Q.R.M: Interferência Humana

– Q.R.Q: Transmita mais Rápido

– Q.R.S: Transmita mais Devagar

– Q.R.U: Ocorrência

– Q.R.V: À disposição (às suas ordens)

– Q.R.X: Aguarde

– Q.R.Z: Identifique-se

– Q.S.A: Como está recebendo o sinal?

– Q.S.L: Entendido

– Q.S.M: Esté ouvindo?

– Q.S.O: Comunicado – Aviso

– Q.S.P: Fazer a ponte – Retransmitir a mensagem (à alguém ou à rede)

– Q.T.C: Mensagem

– Q.T.H: Local, Localização

– Q.T.R: Horário Exato

– Q.T.U: Horário

– Q.T.A: Última Forma (Desconsidere minha última mensagem)

– Q.S.V: Viatura

– Q.S.J: Dinheiro

– T.K.S: Obrigado

No Airsoft o adversário não está para brincadeira, uma desvantagem do rádio é a possibilidade do time inimigo rastrear o canal da equipe. Uma forma de evitar esse tipo de problema é utilizar canais e subcanais nos rádios porém, esse tipo de configuração requer conhecimentos avançados na operação e programação dos rádios. Falaremos sobre rádios e suas configurações em um post diferente.

Comandos verbais no Airsoft

No Airsoft comandos verbais são palavras chave utilizadas para coordenar uma ação ou identificar um evento específico. O uso é mais eficiente se reduzido a utilização de um máximo de 20 à 30 palavras. Comandos verbais pode ser muito eficazes em progressões como em um clareira ou quando a posição do time for revelada. Esta forma de comunicação acrescenta agressividade à ação.

Airsoft: comando verbais adicionam agressividade a ação
Airsoft: comandos verbais adicionam agressividade à ação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Informe o Código para Comentar *