Guia de Sniper – PARTE II: Definição de Sniper no Airsoft

0
5191
GUIA-DO-SNIPER-PARTEII
GUIA-DO-SNIPER-PARTEII

Para a maioria dos jogadores, o Sniper é qualquer um que possua um bipé e um rifle de ferrolho (bolt action), que use um Ghillie Suit ou use uma mira telescópica (scope). Para mim, um Sniper não pode ser definido de uma forma tão superficial. Sniper é todo aquele que seja capaz das seguintes ações: tiro seletivo, tiro furtivo e captação de informação. Estes são, para mim, os principais requisitos que definem um Sniper. Da mesma forma, julgam que ele só deve usar uma bolt action. Vocês podem perguntar: “– Mas essa arma não é a principal arma do Sniper?”. Sim! Ela é a mais apreciada e é a mais usada.

Um Sniper, quando inserido em um pelotão, terá maior êxito em dupla, sendo que o segundo operador pode ser um segundo Sniper ou um Observador, ele ajudará o Sniper a tomar decisões e a avaliar situações. Normalmente o Observador utiliza uma AEG para melhor se defenderem em caso de ataque a curta e média distância. Este elemento é o responsável pela proteção do Sniper. A dupla também pode ser formada por 2 Snipers, que terão funções idênticas, mas patentes diferentes (Atirador líder e novato).

Sniper e Sharpshooter

 

É muito, muito comum, confundirem o Atirador Furtivo (Sniper) com Atirador Especial (Sharpshooter).

Sharpshooter:

Atirador Especial. É um jogador com algumas capacidades técnicas e materiais que lhe permitam executar tiros de maior alcance e precisão que o jogador regular. Ele é preparado com o propósito de solucionar problemas táticos que possam ocorrer e de aumentar o alcance de tiro da equipe ou pelotão que faz parte. As suas missões são as mesmas que a da equipe. É um elemento incluso, de infantaria.

Sharpshooter
Sharpshooter

Sniper:

Atirador Furtivo. Jogador com elevada capacidade técnica e material que lhe permite fazer o tiro furtivo, de igual ou maior alcance que o jogador regular. Tem boa capacidade de camuflagem visual, tem excelente conhecimento sobre comunicações e de ambientação ao terreno. A sua missão é completamente distinta do pelotão de frente, onde pode ou não estar incluído. É uma ferramenta que ajuda diretamente uma equipe inteira, e não apenas um pelotão. É um elemento de reconhecimento que se comunica com extrema facilidade, possui sempre um planejamento de fuga e o mais importante, ser invisível quando necessário.

L96 Sniper rifle da UTG
L96 Sniper rifle da UTG

 

Por Samuca Neto
Fonte: Sniper Manual, for Airsoft applications, Portugal, 2011, Bowman.  

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Informe o Código para Comentar *